9 dicas financeiras que tornarão a sua vida mais divertida quando entrar na casa dos 30 anos

Posted by on Julho 18, 2017 in Dicas, Investir Dinheiro | 0 comments

9 dicas financeiras que tornarão a sua vida mais divertida quando entrar na casa dos 30 anos

Entre os 20 e os 30 anos certamente viverá alguns dos melhores momentos da sua vida, mas esta fase da vida é também o momento perfeito para colocar as suas finanças em ordem.

Entre terminar a faculdade, estabelecer uma carreira e começar uma família, você precisará desenvolver hábitos sólidos de finanças pessoais que possam ajudá-lo a alcançar os seus objetivos de curto e longo prazo.

Se você vai chegar aos 30 em breve, aqui estão algumas dicas financeiras que vale a pena ter em atenção…

9 dicas financeiras que tornarão a sua vida mais divertida quando entrar na casa dos 30 anos

 

1. Pague as suas dívidas

As dívidas podem impedi-lo de fazer muitas coisas com o seu dinheiro. Quando se trata de dívida de juros altos, você também perde montes de dinheiro ao fazer pagamentos que vão para os juros, por isso o melhor a fazer é pagar essa dívida o mais cedo possível.

Caso tenha pedido crédito para tirar o seu curso superior ou algum tipo de crédito ao consumo tente pagar tudo antes de completar 30 anos.

2. Evite acumular dívidas no cartão de crédito

Embora seja importante pagar a dívida que contraiu nos seus 20 anos, também é importante garantir que não acumula mais dívidas em resultado de estar a levar um estilo de vida acima das suas posses.

Depois de se formar na faculdade e encontrar trabalho, os seus rendimentos provavelmente irão aumentar, o que pode levá-lo a comprar coisas que você realmente não precisa. Muitas vezes, isso pode levá-lo a gastar mais do que você ganha e a acumular dívida no cartão de crédito.

Ao usar um cartão de crédito, tente manter a utilização total abaixo de 30% do seu limite e pagar a conta na totalidade todos os meses para evitar os juros e as dívidas.

3. Crie um fundo de emergência

Despesas inesperadas tornam-se mais frequentes à medida que a idade avança, por isso o melhor é estar preparado criando um fundo de emergência.

O montante do seu fundo de emergência depende da sua situação e preferência, mas certifique-se de colocar de lado um valor que lhe dê algum conforto.

4. Comece a poupar para a reforma

Você pode começar a poupar para a aposentadoria a qualquer momento, mas o melhor mesmo é começar quando ainda se é jovem. Quanto mais jovem você começar a economizar, mais tempo terá para tirar partido dos juros compostos, aumentando as poupanças para que possa reformar-se confortavelmente.

dicas financeiras para jovens com menos de 30 anos

5. Crie o hábito de viver abaixo das suas possibilidades

Viver em modo de “chapa ganha chapa gasta” é sempre um mau princípio. Isso não lhe permite poupar para grandes despesas, como por exemplo a entrada inicial para comprar casa ou para fazer uma viagem.

Defina metas financeiras claras, e então priorize as suas despesas de modo a alcançá-las. Você irá perceber que viver abaixo das suas possibilidades nos seus 20 anos é muito mais fácil do que quando entrar nos 30, por isso o melhor é habituar-se a viver de modo frugal desde cedo.

6. Comece a investir parte das suas poupanças

Se você deseja começar a experimentar investimentos em ações e obrigações, não há melhor momento para começar do que antes dos 30 anos. Dessa forma, você terá muito tempo para ganhar experiência e deixar os seus investimentos crescer (ou perceber o que você pode fazer diferente nos anos seguintes).

Quanto mais jovem se é, mais riscos se pode correr ao investir em ações ou outros instrumentos.

7. Pague o seu casamento em dinheiro

Se planeia casar-se antes de completar 30 anos, tente pagar o seu casamento em dinheiro, em vez de pedir um empréstimo.

Os casais que pagam o casamento em dinheiro podem concentrar-se noutros objetivos financeiros logo após a lua de mel, em vez de ter que pagar o empréstimo contraído.

Defina um orçamento realista para esse grande dia e determine o que é e não é importante para você. Muitas vezes, tomando decisões sábias é possível poupar uma boa quantia.

8. Defina metas financeiras de longo prazo

As metas financeiras de longo prazo são importantes. Elas ajudam-no a definir os objetivos de mais curto prazo que você precisa atingir para chegar ao resultado pretendido no longo prazo. Quando se está na casa dos 20 anos é importante descobrir o que se quer realmente da vida e como se pode usar o dinheiro como ferramenta para alcançar o que se quer.

Os seus objetivos podem mudar ao longo do tempo, mas estabelecendo metas e expetativas realistas para o seu futuro, você poderá controlar o seu dinheiro de forma mais consciente, ano após ano.

9. Seja egoísta com o seu dinheiro

Não se esqueça de ser egoísta com o seu dinheiro às vezes (não o tempo todo) e gastá-lo em coisas que você valoriza. Algumas pessoas querem viajar antes de ter filhos, enquanto outras querem manter alguns hábitos como ir ao cabeleireiro com frequência ou ir ao ginásio.

Se valoriza algo e se isso faz você feliz, então não precisa necessariamente cortá-lo do seu orçamento, desde que você possa pagar.

 

Embora os seus 20 anos possam ser preenchidos com muitas aventuras, diversão, trabalho duro e tentativa e erro, isso não significa que você não pode começar a colocar as suas finanças em ordem. Ao fazê-lo, irá lançar os alicerces para o sucesso, porque você não estará começando do nada quando completar 30 anos.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *